Home » ambiental » ÁGUA SUBTERRÂNEA NO DESERTO DO SAARA

ÁGUA SUBTERRÂNEA NO DESERTO DO SAARA

O deserto do Saara abrange uma área de 9,1 milhões de km2 (maior que o Brasil) no Norte da África, cobrindo vários países entre as latitudes 18º a 30º N. Esta região nem sempre foi um deserto, cerca de 5000 anos era úmido. Atualmente a temperatura durante o dia fica acima de 30º C, podendo chegar a 50 o C com ventos intensos e chove menos de 25 mm por ano, com pouca predibilidade. Estas condições desfavoráveis produzem uma paisagem de areia e rochas, pouca alguma variação perto de oásis e nas bordas quando se observa alguma transição.
A água subterrânea desta região sedimentar infiltrou de outro período geológico e possui da ordem de 150.000 km3 de reservatório subterrâneo geralmente em profundidades acima de 50 m. Atualmente são retirados da ordem de 75 m3/s em toda a região. Este tipo de reservatório como de outras regiões áridas do mundo não possui reposição ou recarga que mantenha suas reservas nas condições climáticas atuais. Avaliação de tendência dos últimos anos no entanto mostram uma melhora na umidade do Deserto com evidências de que a precipitação poderia estar aumentando com relatos de novas condições da flora e fauna nos seus bordos: http://news.nationalgeographic.com/news/2009/07/090731-green-sahara.html.
Recentemente foi identificada grande quantidade de água subterrânea no Norte da África na região do deserto do Saara, mas em profundidades altas que dificultam a exploração pela população pobre da região. Veja em http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2133339/Massive-underground-reserves-water-Africa.html, mais material sobre o assunto e distribuição espacial destes recursos.
Um cenário conhecido do deserto são os Oásis, utilizados como parada pela população nômade. O Oásis é uma área em que a água subterrânea está aflorante, resultado da recarga das áreas limítrofes mais altas. Estas áreas têm sido importantes para viabilizar a vida no deserto e manter ambientes específicos. Quando não existe água suficiente é construído um Qnat que é um canal subterrâneo com profundidade de 50 m que aumentam a drenagem de água para a parte baixa no qual se localiza o Oasis. Vários destes sistemas foram construídos nas áreas áridas do Norte da Àfrica e Oriente Médio.
Nas regiões áridas, como o Saara e outras como o semiárido brasileiro, o Oeste dos Estados Unidos e sua parte central é necessário ter melhor conhecimento da água subterrânea e seu comportamento para sustentabilidade. Alguns dos fatores fundamentais é a relação entre a recarga e a retirada para uso. Para regiões áridas usualmente é retirada mais água do que sua reposição e num tempo finito esta disponibilidade poderá acabar.

1 Respond for ÁGUA SUBTERRÂNEA NO DESERTO DO SAARA

  1. joao Salvador da Silva disse:

    Fazendo um paralelo, o que ocorreu com o nordeste brasileiro(extração da flora nas fases econômicas), poderá ainda, torná-lo como o saara, vez que só há agua no subsolo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>